Do more on the web, with a fast and secure browser!

Download Opera browser with:

  • built-in ad blocker
  • battery saver
  • free VPN
Download Opera

Opera e o negócio da China

  • So um pequeno aparte sobre essa questão:

    Ai, ai, ai.

    Eu já li alguma coisa sobre os relatórios da AV. Tenho a impressão de que ela não pode analisar esses programas sem permissão do fabricante. Quando pemitem, deve ser praxe todas as examinandas enviar os próprios produtos. A Symantec não permite, está fora há vários anos desses exames. Ela deve receber de todos os fabricantes os produtos. Se não, as examinadas poderiam até alegar que o produto examinado foi adulterado, não seria autêntico. E má fé da AV, ou prevenção, porque recebe de todos os fabricantes e o da Qihoo foi obtido à parte?

    Não é para botar pitaco, eu realmente penso assim.

  • Uma das razões por que acho que a Qihoo tenha sido porta-voz do consórcio

    Segundo o wall street Journal, foi além de porta-voz, liderou

    Mas, mas ... fui...

  • Fui... mas voltei... por um brevíssimo momento:

    @rafaelluik

    Isto de julho de 2007 se refere à mesma joint-venture?

    Fui de novo, como um relâmpago que brilha, mas é efêmero. Não perdura.

  • Eu estava a pesquisar sobre essa Qihoo, e eis que encontro isso https://www.360totalsecurity.com/pt/privacy/, esse é um dos produtos dessa empresa. Reparem nas informações pessoais que eles recolhem 🇳🇴 . Deu um pouco de medo, rsrs.

  • Isto de julho de 2007 se refere à mesma joint-venture?

    Isso é mais antigo e não foi feita nenhuma joint venture com a empresa citada, só algum contrato normal mesmo...

    A Opera sempre teve várias formas de monetizar o seu navegador. Por exemplo criar versões personalizadas do Mini/Mobile para operadoras ou fabricantes de telefones sendo elas chinesas ou não, ou até mesmo vender o navegador de uma forma completamente nova como foi pra Nintendo usar no Wii e DS(i), Opera para TVs/set-up boxes...

  • Sim, grato. O boquirroto não é totalmente "descrível". Que não seja somente com os chins, mas são relacionamentos mais intensos, reais e antigos. Não é uma fantasmagoria, eu cá, você lá, ribeirão passa no meio.

    "If our owners ever change we'll still keep our Norwegian identity and views on web fairness. It's what makes Opera the browser the successful browser it is " - Ruth da Opera

    Isto é um sonho encantador. Tenho, porém, poucas esperanças de que os empregados possam se sobrepor às vontades e (maus) costumes do patrão. Malheuresement. "Empregado que não cumpre minhas vontades, rua!" ouvido há tempos de um conhecido, que era dono de uma empresa.

  • Reparem nas informações pessoais que eles recolhem . Deu um pouco de medo, rsrs.

    Ei, Geazi. E você, dizendo no início desta discussão que não ia se afobar, quem sabe o usuário final nem seja atingido. Estavas em sonhos, hem?

    Logo acima, no link que dei sobre o Baboo e a Quihoo, nos assuntos relacionados naquele tópico, há um outro dizendo respeito ao nível de privacidade dos chineses. ZERO. Dizem que eles pedem até um retrato de seu toba exposto. 😃

  • Ei, Geazi. E você, dizendo no início desta discussão que não ia se afobar, quem sabe o usuário final nem seja atingido. Estavas em sonhos, hem?

    Enxergando por esse lado, da pra trocar a opinião mesmo. 😛

    Logo acima, no link que dei sobre o Baboo e a Quihoo, nos assuntos relacionados naquele tópico, há um outro dizendo respeito ao nível de privacidade dos chineses. ZERO. Dizem que eles pedem até um retrato de seu toba exposto.

    Eita! Nesse caso certifique-se de ir ao banheiro e trancar a porta, ou não levar seu aparelho móvel lá. kkkkk 😃

  • Eita! Nesse caso certifique-se de ir ao banheiro e trancar a porta, ou não levar seu aparelho móvel lá. kkkkk

    Isso mesmo. Todo cuidado é pouco. Pode ser que essa exigência esteja vinculada ao quesito que formulam sobre orientação sexual. Podem estar querendo verificar sua aptidão para o ramo. O.O

  • Eu estava a pesquisar sobre essa Qihoo, e eis que encontro isso https://www.360totalsecurity.com/pt/privacy/, esse é um dos produtos dessa empresa. Reparem nas informações pessoais que eles recolhem . Deu um pouco de medo, rsrs.

    Melhor não usar Windows também: https://privacy.microsoft.com/pt-br/privacystatement

    Aliás, melhor só usar computadores não conectados à internet hehe.

  • O Melhor de tudo é não usar computadores nem conectado nem desconectado. Vai apagando, amortecendo, pouco a pouco, a possibilidade de adquirir telepatia superior. Até matar.

  • Melhor não usar Windows também: https://privacy.microsoft.com/pt-br/privacystatement
    Aliás, melhor só usar computadores não conectados à internet hehe.

    Mas há uma diferença em relação a declaração de privacidade 360 Toal Security da Qihoo, se não comparou ambas.

  • Mas há uma diferença em relação a declaração de privacidade 360 Toal Security da Qihoo, se não comparou ambas.

    E qual seria? Eu sinceramente não vi diferenças significativas.

    Ambas basicamente dizem que coletam uma penca de dados dos usuários.

  • Ambas basicamente dizem que coletam uma penca de dados dos usuários.

    Gente, ou eu não sei avaliar, ou é gritante a diferença entre elas!!! Não vou alinhar aqui as diferenças. Não é necessário, é só dar uma olhadinha em diversas postagens neste tópico (principalmente as que remetem aos conteúdos contidos no tópico em inglês). Todo mundo está careca de saber.

  • Bom, ambos coletam:

    Dados de contato (nome, email, endereço. etc)
    Dados pessoais (idade, região onde vive, etc)
    Dados de pagamento (número do cartão de crédito, etc)
    Dados de como o(s) programa(s) é(são) usados
    Dados do que é acessado na internet

    E por aí vai.

  • Aquela advertência que eu dei é para ser levada a sério mesmo. Entre os dados coletados pelos chineses está, de verdade mesmo, a orientação sexual, conforme explicitamente consta de um dos itens do link passado pelo Geazi: "Personal Details (including birth date, race, gender, sexual orientation, ID card number and social security number)" (grifo meu).

  • Leo, minha resposta acima era para anteceder a sua. Mas, a bandeirinha está de marcação comigo. Estão de butuca ni mim.

    De tudo que a gente vai tomando conhecimento, por exemplo, pelos comentários naquela matéria do Baboo e respostas deste, vemos que há espionagem e foco em arrecadar "a mola do mundo" (dim-dim) lá e cá, como dizem the others, all over the world. Ele diz a certa altura que podem fazer coisas em nossas máquinas de que nem ficamos sabendo, pela MS, Google e outros menos votados.

    Os chins já devem estar acostumados com certa opressão. Cá, no ocidente, qualquer coisinha a gente estrila.E nós, de modo geral, podemos pôr a boca no mundo. E isso nos desabafa. Como disse o primeiro comentarista que eu "traduzi", há liberdade de assim fazer. Os chins, também de modo geral, já devem estar habituados a aguentar tudo sem muito tugir nem mugir. A censura já é parte de suas vidas, há longos anos.
    Não devem se ressentir tanto quanto nós ressentiríamos em iguais circunstâncias.

    Os que estão no comando da China, chegaram a essa situação de controle ferrenho, porque até poucos anos antes da longa caminhada do Mau (nome que lhe iria bem melhor do que Mao) estava dominada em seu próprio território nacional por um conglomerado europeu, que ali dava as cartas, formado principalmente por Inglaterra, França e acho que até pela Alemanha. Fazem o máximo para que isso não volte. A China foi brutalmente tratada pelo ocupante Japão, numa invasão cruel, que, na verdade, não sei quando se deu, mas, que há pouco, nós ouvimos um pedido público de perdão deste último aos chins.

    Tudo isso eu vou dizendo aqui, sentindo um mal-estar com a situação e condições de opressão a que o grosso daquela população está sujeita. Nunca quereria ter nascido lá.

    Embora tudo isso, as espionagens e estratagemas aplicados pelos chineses, no que tange ao mundo da informática, me parecem muito mais perigosos, daninhos e temíveis.

  • @andersonbr8

    Pelo que eu li que o Rafael escreveu, vai mesmo Quinca. Pior que eu gosto muito do opera caso aconteça algo de ruim nem sei pra onde ir.

    E aí, muchacho, como estão as coisas? Faz tempo que não dá nem um pitaquinho. Fiquei meio sensibilizado pelos seus dizeres acima citados. Não precisa de postar. Mas, ao menos um passeinho pelas páginas. Desde o dia 14 que você sequer transita por aqui. Fui lá conferir. :wait:

  • Será??? Minha cafifa de João Pelado vai funcionar? Se isto estiver correto, há uma luz no fim do túnel! Xibum, bum, bum (foguetório, espero -- e desejo ardentemente -- que não precipitado). 24 de maio tá nas portas.

  • "Enquanto estão em demarches, eu considero possibilidades de boatos, notícias não muito verificáveis, tendenciosas, visando a outros objetivos. Mas, o mais correto é afirmar que se se concretizar não penso duas vezes.

    Acho que se estivesse sendo objeto de apostas em alguma casa do ramo, cravar a aceitação estaria pagando um valor bem baixo em relação ao (valor) apostado."

    Trecho copiado daqui

    Ei, Léo, "te lembra disso?" Quem diria que cravar a aceitação sairia perdedor? E cravar a não aceitação, encheria os bolsos de quem apostasse nela, se apostasse uma bolada. Não vamos cantar vitória antes do tempo, mas parece que o pesadelo está se dissolvendo. Oxalá!

Log in to reply